Deixe um comentário

Bons e maus usos da Make

mulher-se-maquiando-bobs-2

Entre a infância e adolescência, ao contrário de muitas meninas hoje em dia, minha maquiagem se resumia a batom e lápis delineador. Na fase “dark”, chamo assim o período que o Rock falou mais alto e tudo ficou preto. Assim, vieram as roupas, acessórios, muito esmalte preto com rebu, que até hoje eu adoro e até o batom Black fazia parte deste conjunto. Imagina o contraste com a pele branca, eu parecia mais com a Vandinha da Família Adams.  Bom, essa época passou um pouco e cheguei a juventude. Agora comecei a descobrir as bases, corretivos e tudo mais que tem direito. Contudo, tive um “big problem” durante o percurso que hoje é o foco deste post.

É extremamente importante, antes de começar a comprar maquiagens em geral verificar a procedência dos produtos e investir em um bom demaquilante. Eu costumava usar sombras e lápis no dia-a-dia para trabalhar. Chegava a casa, jogava bastante água e achava que estava tudo ok. Resultado, desenvolvi uma doença chamada Blefarite.

Blefarite é uma inflamação não contagiosa das pálpebras. É normalmente caracterizada pela produção excessiva de uma camada lípidica (óleo), gerada por uma glândulaencontrada na pálpebra, criando uma condição favorável para o crescimento bacteriano. Eventualmente, a blefarite poderá afetar a visão. (fonte Wikipedia http://pt.wikipedia.org/wiki/Blefarite)

Muitas pessoas ficam com olhos vermelhos e com coceiras e são diagnosticadas num primeiro momento com conjuntivite. Foi este o meu caso. Usei alguns colírios a base de cortisona (muito cuidado, pois ao longo do tempo pode levar a cegueira), até um oftalmologista me receitar uma simples rotina diária para verificar o ocorrido.  Ele me pediu para que durante duas semanas lavasse os olhos com uma gotinha de Shampoo Johnson e caso precisasse, um colírio lubrificante. No fim, meus olhos clarearam, não usei mais remédios e a irritação passou. Só teve uma condição, como essa doença não tem cura, esse “ritual” tem que ser feito diariamente pela manhã e a noite durante toda a vida.

shampoo-johnson-demaquilante

Além disso, ao usar qualquer maquiagem nos olhos, tenho que me certificar de que tudo foi retirado antes de dormir, o que requer um bom demaquilante.

Moro no Brasil, então é difícil conseguir quaisquer produtos MAC, Lancôme, Dior, além do preço salgado, tem o frete, a conversão para R$, taxas e um cartão internacional. Enfim, comprei alguns recentemente e adorei! O primeiro é o Demaquilante Bifásico Nívea Double Effect. Basta agitar um pouco e aplicar com algodão. Para quem utiliza rímel e delineador a prova d’água é perfeito. O segundo e tão bom quanto é o da linha Intense Boticário. É um oleosinho excelente para peles sensíveis.  Tanto um quanto o outro garantem bons resultados e o melhor, custam em torno de R$18 a R$ 22.

nivea

Eu costumo usar um deles, depois lavar o rosto com sabonete próprio e por último usar o shampoo na área dos olhos. Simples assim. Com o tempo passa a ser um hábito. Nunca mais tive problemas de irritação e ninguém imagina que tenho Blefarite.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Tiltou!

Games, Cinema, HQs e etc.

Dully Pepper24H

Arte pelo Amor, Arte pelo Mundo, Arte pela Paz!

%d blogueiros gostam disto: